segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Vc tem armas poderosas!!!!

Postado por Suellen (Menina aos olhos do Pai) às 09:03:00

Olá, meus queridos e fofos do Senhor!!! Recebi este e-mail do meu colega de trabalho e irmão em Cristo Agostinho e estou repassando para vocês. Uma ótima semana!!!! Kisses!

Efésios 6:12-18: “Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo, pois a nossa luta não é contra seres humanos(carne e sangue), mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais(O diabo e seus anjos caídos). Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia do mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo. Assim mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade, vestindo a couraça da justiça e tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz. Além disso, usem o escudo da fé, com o qual vocês poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno. Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus. Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.”

Dessa forma, Deus nos forneceu armas que nos garantem vitória. Ele nos apresenta as poderosas armas que Ele criou para que as usemos que não apenas nos protejamos,  mas para também nos tornarmos invulneráveis aos ataques de Satanás.  Tambémnos tornarão TRANSFORMADOS, dia após dia, e PLENAMENTE EQUIPADOS. Elas nos possibilitam crescer e amadurecer até a ESTATURA PLENA de Jesus Cristo, para nos tornar guerreiros espirituais poderosos, com Ele! Por isso, Jesus ordena que nos revistamos delas.


Analisando detalhadamente as peças dessa armadura, percebemos que cada uma descreve um atributo de Cristo.



1) O CINTO DA VERDADE. Jesus afirmou: “Eu Sou o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14.6). Não varia é o mesmo ontem, hoje e será eternamente.



2) A COURAÇA DA JUSTIÇA. Jesus é justo e se vestiu de justiça (Is 59.17). Ele se tornou a nossa justiça (1 Coríntios 1.30), e somos justificados na justiça d’Ele (2 Coríntios 5.21)



3) A PRONTIDÃO DO EVANGELHO DA PAZ. Jesus apresentou o Reino, pregando: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo” (Mt 4.17). Significa que está ao alcance de todos que colocarem em cheque seus pecados.



4) O ESCUDO DA FÉ. Jesus é o “autor e consumador de nossa fé” (Hb 12.2). Não uma fé natural, terrena, baseada naquilo que está ao alcance da visão humana, mais na certeza de já possui o impossível aos homens naturais. (Lc 1.37)



5) O CAPACETE DA SALVAÇÃO. O Messias prometido colocou o capacete da salvação (Is 59.17). Não há outro nome pelo qual podemos alcançar a salvação (At 4.12). A inteligência humana não pode alcançar esta dádiva do céu, só a fé salvadora de Cristo concebe ao homem este tão grade privilégio de ser um cidadão do céu ainda na terra dos viventes.



6) A ESPADA DO ESPÍRITO – A PALAVRA DE DEUS. Jesus é a Palavra viva: “No princípio era o verbo, ou seja, a Palavra viva. Ele estava com Deus, e era Deus (…) a Palavra tornou-se carne, (homem), e viveu entre nós” (Jo 1.1,14). O Logos de Deus humanizou-se para mostrar a coroa da criação, o homem criado por Deus, a saída das garras que o prende as mazelas deste mundo que foi entregue pelo próprio homem nas mãos do inimigo dele, a antiga serpente e seus anjos caídos (Ap 12.9).


Paulo, que estava na prisão acorrentado a um soldado romano quando escreveu a carta aos efésios, inspirou-se nas várias partes da armadura de seu guardião para descrever os diferentes atributos de Cristo, que o tornavam um Guerreiro espiritual forte, maduro, imutável e invencível.

Quando Paulo disse aos cristãos de Éfeso que “vestissem” toda a armadura de Deus, na verdade estava afirmando: “Sejam revestidos de Jesus Cristo”. O apóstolo revelou aos gálatas: “Os que em Cristo forem batizados, de Cristo se revestiram” (Gl 3.27).

Quando estabelecemos essa união espiritual com Cristo – tornamo-nos um com Ele e sabendo que Ele está em nós, colocamo-nos diante do Inimigo APERFEIÇOADOS e PLENAMENTE EQUIPADOS, tendo a estatura plena de Cristo! “Aquele que estar em Cristo anda como ele andou, se não andar o tal não é dEle” (Rm 8.9).

Por sermos revestidos de Cristo, fomos justificados, conhecemos e declaramos a verdade que liberta o ser humano, temos a fé divina, fomos salvos, lavados e justificados, temos a Palavra viva de Deus, (o Logos Divino), habitando em nós e estamos preparados em todo o tempo para proclamar o evangelho ao mundo perdido.

Quando nos revestimos de Cristo, compartilhando dessa união espiritual, adquirimos a capacidade de resistir às setas inflamadas do Inimigo. Tornamo-nos capazes de enfrentar sofrimentos, perseguições, tentações, tribulações e provações, obtendo vitória completa em meio a tudo isso.

Jesus afirmou: “Eu e o Pai somos um” (Jo 10:30). Quando Felipe pediu que o Mestre lhes mostrasse o Pai, Cristo respondeu: “Quem me vê, vê o Pai” (Jo 14.9). "Porque ninguém jamais viu a Deus, mas em Cristo se fez conhecer". Este é o propósito de Deus para a Igreja: que cresçamos e amadureçamos até nos tornarmos um com Cristo na fé, no amor e no propósito de revelar Deus em nós.

Jamais iremos concordar com todas as doutrinas que se prega, antes temos que examinar na Escritura para verificar se está compatível com a Verdade de Deus ou se procede dos Homens métodos e doutrinas apresentadas porque assim o Evangelho de Cristo é proclamado ao mundo recheado de religiosidade.


A oração de Cristo a nosso favor era que, assim como o Pai estava NELE, (Cristo) Ele estivesse EM NÓS. Se nós estivermos NELE, seremos APERFEIÇOADOS e seremos UM com Cristo (Jo 17.23). Jesus deseja que tenhamos o mesmo relacionamento que Ele tem com o Pai, que o Espírito Santo habite em nós e não separemos Dele. Assim, as pessoas olharão para nós e enxergarão a luz de Cristo Jesus.

Nós não podemos ficar sem a armadura de Deus, sem o revestimento de Cristo. Não devemos ficar sem Deus. Se não estivermos em Jesus confortado com Sua Palavra, ficaremos vulneráveis aos ataques do Maligno.

Essa união espiritual com Cristo é testificada pelo Consolador, o Espírito da Verdade, o mesmo que inspirou todos os escritores da Palavra, inspira os que estão em Cristo para entendê-la, é um relacionamento maduro, que não se desenvolve apenas frequentando a igreja, precisa ser a Igreja. Não se dá meramente como resultado de um estudo diligente da Bíblia. Para alcançar essa união espiritual com Cristo, além destas coisas, Ele deve ser o nosso primeiro amor. O nosso maior desejo deve ser estar com Ele, ter comunhão com Ele, amá-lo e adorá-lo. Devemos desejar viver cada momento em comunhão com Ele, caminhando em total obediência, buscando força Nele, vendo-O manifestar em nós, a sua graça intercedemos por nossos semelhantes, familiares, amigos, colegas de trabalho e todas as pessoas com as quais convivemos.

Para alcançar essa união espiritual com Cristo, a Palavra de Deus tem de permanecer em nós, e para isso precisamos nos alimentar desta Palavra que cura, que liberta e que salva diariamente. Não devemos afastar-la de nosso entendimento. A Palavra deve literalmente tornar-se viva dentro de nós, até que passe a fazer parte de nossa vida, assim como o ar que respiramos.


2 comentários:

Tiago disse...

É isso ai... temos que nos revestir das armaduras. lembremos que vivemos em uma batalha espiritual, e sempre é importante saber que temos que nos revestir.

Tiago.

Menina aos olhos do Pai disse...

É isso aí, Ti!!! Vencendo então as astutas ciladas do inimigo.

Obrigada por sempre conferir o blog.

Código Y (rsrs)

Beijo!

Suh

 

Menina aos Olhos do Pai Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review