domingo, 19 de dezembro de 2010

Sinto raiva da teologia da Prosperidade

Postado por Suellen (Menina aos olhos do Pai) às 17:48:00
Olá, queridos e queridas. Bem, queria dividir algo que estou sentindo com vocês. Uma mistura de indignação com tristeza. Indignação por ver pessoas com grande influência se aproveitarem dos que são menores. Tristeza por ver tanta gente se enganando e levando um evangelho barato na sua vida como se fosse o certo.

Vi um programa de televisão há pouco tempo que me deixou triste. Pregava a teologia da prosperidade e a defendia, dizendo que todos queriam ter um carro melhor, um conforto, poder pagar um colégio melhor para os filhos... enfim. Que o cristão deveria mesmo ter o melhor desta terra e que tínhamos que ter prosperidade.

Bem, a prosperidade como muitos querem pregar, não quer dizer ter muitas riquezas, carro do ano, empresa rica, caminhões, estudar na melhor faculdade, ter o melhor emprego possível. Ser próspero tem outro sentido. É você viver bem com aquilo que você tem, é você se sentir abençoado até com o pouco, porque Cristo está com você e a graça dEle é que basta na sua vida. Esta é a verdadeira prosperidade.

Me assusto quando vejo tanta gente se aproximando de Deus buscando apenas se livrar das dívidas, buscando apenas a cura, buscando se livrar de síndromes interiores... me assusto porque tem muita gente que busca as bênçãos, mas não busca o Dono da bênção. Querem o favor de Cristo, mas não querem viver diante de Cristo, do modo de Cristo.
Que evangelho ralo e fraco é este que está sendo pregado? De que aceitando a Jesus sua vida muda, você fica rico, tem carros, é curado de tudo, não tem mais nada que pegue você; que evangelho é este?

Meu coração chora ao ver isso. Me sinto como Jeremias que chorava pelo povo se enganando. Até pessoas da África estão sendo enganadas, dando o pouco que tem para pastores "caras-de-pau" que tem BMW e tudo com o dinheiro dos fiéis. Vendem um monte de benefícios aos mais pobres dos pobres. É isto que Cristo quer?

Há uns anos, o evangelho pregado era aquele em que o céu era o alvo. O pecador deveria mudar suas atitudes e aceitar a Jesus como Senhor e Salvador para morar lá. Os hinos cantados eram completamente diferentes, passavam o Jesus que morreu numa cruz para salvar o tão pobre pecador. Não era o Jesus que poderia te dar uma casa própria, 3 carros na garagem, uma empresa no seu nome... não, não era!

Hoje pessoas estão sendo esmagadas por um papo furado de quem só se interessa pelo que elas podem dar, não pelo que se passa na vida delas, tão pouco na salvação da alma delas.

E muita gente vai em direção à igreja buscando o Jesus que tem algo a oferecer material. Mas o amor pelas coisas é idolatria. Não é evangelho.

Deus nos é suficiente, a graça dEle nos basta, e o poder dEle se aperfeiçoa na fraqueza. Até quando as pessoas irão buscar as mãos do Senhor ao invés de buscar a face dEle??? Até quando?


Jesus era tão simples... nasceu em um estábulo, dentro de uma manjedoura...
Passou trinta anos de sua vida como um simples carpinteiro...

Depois saiu a falar de um novo tipo de amor, o Seu amor
Nos mostrou o Reino dos Céus,
E Ele não se adornava com belas roupas para chamar a atenção dos homens
Ele era tão simples, que chegara a uma cidade andando em um simples jumentinho...

Jesus mudou o mundo. De maneira simples.
Ele não inaugurou um templo gigante, de ouro puro (embora fosse o dono de todo o ouro)
Ele nos ensinou um evangelho simples, um modo de vida diferente.

E Jesus era magnético! Muitos iam atrás dele. Multidões ficavam encantadas...
Líderes religiosos e fariseus num pânico total! Quem é este carinha estranho que aparece  levando o povo que dominamos por tantos séculos?
Quem é este carinha?

Um homem que apareceu e que não ficava preso à tradição dos judeus
Que dizia a uma mulher vulgar que não a condenava, apesar de ter um monte de gente querendo apedrejá-la
Um homem que parava na multidão e olhava com um olhar singelo a mendigos
Tinha a coragem de tocar em leprosos desprezados
Parava para jantar com um baixinho rico que estava só... Zaqueu... que dia!

Meu Jesus é aquele que viveu no meio de uma religião mesquinha que visava a obter lucros
Mas com sabedoria condenou a injustiça existente e mostrou que a fé dos pobres tinha valor, era de verdade.
Jesus valorizou o pouquinho que a viúva ofereceu com amor, comparado à fortuna que era sobra de outra pessoa.
Jesus não parou e disse: Pegue um carnê que você será abençoado. Ele mostrou a realidade do pecado, de maneira clara.

Jesus era desconcertante.
Ele impressionava com sua sabedoria nos ensinamentos, até mesmo a velhos e rabugentos rabinos.
Ele era doce, simpático, a ponto de crianças gostarem de ficar pertinho
Prostitutas se sentiam à vontade para derramar-se em lágrimas aos Seus pés...

Ele era tão precioso que pessoas pobres e ricas largavam tudo somente para segui-lo...

E depois de tantos anos Ele continua fazendo parte da História
E continua tendo o Nome acima de todo nome
Continua sendo o Rei dos Reis,
Senhor dos Senhores...
Nosso melhor amigo!

Jesus nos salvou, como ninguém poderia salvar...
Ele nos amou, com mais paixão do que qualquer um poderia ter...

A vida é muito mais do que dinheiro.
Muito mais do que posição.
Muito mais do que aparência.

Suellen de Souza


Quem ama o dinheiro jamais terá o suficiente; quem ama as riquezas jamais ficará satisfeito com os seus rendimentos. Isso também não faz sentido. (Eclesiastes 5.10)


4 comentários:

Princesa da Pureza disse...

Muiiiiito bom, eu tbm, não gosto dessa teologia barata e mercadejada, transforma o Reino de Deus na Lâmpada do Aladin, as pessoas não são salvas, estão na igreja atrás de bençãos e na primeira adversidade acabam saindo pois não possuem a raíz necessária pra resistir, assim como na parábola do semeador, são as sementes em meio aos pedregais esse evangelho "ganha" tantos mas para mandar todos para o inferno, pois eles não pregam que as pessoas precisam buscar a salvação, se arrepender dos pecados, deixar o velho homem e buscar morar com Deus, pregam viver bem aqui na terra e que Jesus espere mais um pouco até eles conquistarem todos os bens materiais que almejam, totalmente contra a Palavra de nosso Deus pq ela nos ensina a buscar primeiro o Reino de Deus e a Sua Justiça e as demais coisas nos seriam acrescentadas, mas eles só buscam as demais coisas e deixam o Reino de Deus...

Fico triste em ver isso...

Vou postar o seu post lá no Princesa da Pureza, dá uma passadinha lá depois ok...

bjoO

Fique na paz

Danny.elle disse...

Oi Suellen, obrigada pela visita no HOPE...
Ichi, compartilho plenamente com vc o pensamento sobre a teologia da prosperidade...qtas pessoas tem perdido a essencia do evangelho, o Melhor de Deus que é uma vida abundante para Sua Glória e Reino, apenas por prazeres desta vida...

Grande Beijooo

Suellen (Menina aos olhos do Pai) disse...

Oi, Bruninha!!! Pode postar sim, flor. Este post foi mais um desabafo mesmo. Concordo plenamente com cada palavra sua. Complementa o post. Deus te abençoe, princesa da pureza! :-D
Beijinhos, Suh

Suellen (Menina aos olhos do Pai) disse...

Olá, Danny!!! De nada, querida!
Os blogs são mto bons tbm, salvei um monte de montagens... show de bola!
Q Deus continue derramando bênçãos sem medida sobre a sua vida.

Besitos!!!

Suh

 

Menina aos Olhos do Pai Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review