quinta-feira, 7 de julho de 2011

Ele é tudo! Só falta ser cristão...

Postado por Suellen (Menina aos olhos do Pai) às 08:22:00
Olá, queridas!!! Tudo bem com vocês?


O post de hoje trata de um assunto bem comum. Um dilema que muitas meninas cristãs viveram ou vivem. O fato de gostar ou namorar um rapaz não cristão.



Eu já estive nesta situação. E não é boa. No meu caso, ele era de uma outra denominação dita cristã, mas que tem doutrinas mais que absurdas, antibíblicas. Eu tentava justificar, pelo fato do menino ser muito bom em outros setores da vida dele, mas eu sabia no meu coração que não era a vontade de Deus para mim e eu ia acabar sofrendo depois.

Você pode estar nesta situação que é bem complicada. De um lado estão os seus princípios, que te acompanham e estão dentro de você. Do outro lado, tem aquele menino que tem bom caráter, que deixa você nas nuvens, é romântico, educado, etc, etc, etc. Ele aceita que você é evangélica e às vezes até te acompanha na igreja. Aí você pensa que sempre será assim. Ele será o príncipe encantado da sua vida, pois ele é tudo. Só falta um mero detalhe: ser cristão.

Mero detalhe? Nem pensar. Faz toda a diferença. Conhecemos bem a Palavra que diz que a luz não se mistura com as trevas. O assunto é tão importante que a Bíblia enfoca o jugo desigual de uma maneira muito inteligente. Dá uma olhada:

Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? 2 Coríntios 6:14

Jugo

O jugo é uma peça que une os bois para que andem da mesma maneira ao arar um terreno. Se os dois não caminharem juntos, o terreno ficará torto. O casal também deve andar da mesma forma, nos mesmos passos, para que a vida fique bem acertada.




“Mas, porque faria diferença? Se o rapaz me trata bem, me faz feliz, me entende, porque eu não posso ficar com ele? Ele é muito melhor que os meninos da igreja!”

Eu admito que muitos rapazes da igreja não são bons, não tem vida com Deus e não tem compromisso. MAS NÃO SÃO 100 % DELES. No meio da igreja há o trigo e o joio e não é justo rotular todos por causa de alguns. Mais uma vez: Esta afirmação é uma auto-justificação do que não se justifica.


“Olha só, o meu relacionamento está sendo usado por Deus para trazê-lo ao Evangelho.”

Bem, não sei não... é uma desculpa. O site “Jesus de Avaianas (é com A mesmo)” fala disso de uma maneira muito legal:

1) Deus não precisa do seu relacionamento para tocar em alguém, para atingir determinada vida.


2) Deus nos chamou para sermos pescadores de vidas, e não ISCAS.


3) Para um caso que essa estratégia deu certo, existem outras 900 que deram errado. E quem estava firme, acabou se perdendo.


O namoro pode estar indo às mil maravilhas, porém vai chegar uma fase crucial. Ou o menino te afasta de Deus ou você o traz para Deus.
E o casamento? No meio dos problemas, você recorre a Deus e o seu esposo vai beber com os amigos. Você vai à igreja e seu marido fica em casa vendo futebol ou vai no bar.

E os filhos? Vão seguir a Cristo como você ou seguir o exemplo do pai?

E em 90% dos casos, você se afasta de Deus ou vive numa situação insuportável com seu marido. Não tem jeito.


 
 
“Ah, mas tem os 10% de possibilidade do meu esposo aceitar a Jesus.”

É verdade, eu disse isso. Conheço várias histórias em que a esposa ganhou o marido para Jesus, depois de muitas lágrimas, orações e paciência. Mas, se você visse na TV uma notícia dizendo que 90% dos aviões que estão voando no dia de hoje estão caindo, você tomaria um avião hoje??? Bem, acho que não!

Então, para que se arriscar em algo inseguro, se a Bíblia mesmo manda você não se arriscar?

Dói abrir mão de algo que a gente gosta. Dói se apaixonar e não poder levar o romance à frente. Eu senti a dor de términos e tenho propriedade para falar do assunto. Eu tive que negar a mim mesma, negar os meus sentimentos, negar o meu coração e desistir de meninos que não tinham o compromisso devido com Deus. Eu chorava muito, sofria um bocado, mas fazia o que Deus colocava no meu coração. Toda aquela renúncia valeu a pena. Deus recompensou toda a minha atitude para fazer a vontade dEle.

Não é fácil. Não é legal. Não é prazeroso. Mas é o certo. Dê o primeiro passo de terminar um namoro errado, dê o primeiro passo de não ficar mais apaixonada. Peça ajuda a Deus. Peça para o Senhor te abraçar e te confortar. E aí você sentirá o bálsamo do Espírito Santo inundar a sua vida.

Não vale a pena negar os seus princípios por pessoa nenhuma. Sansão fez isto pela sua paixão a Dalila e o final dele todos nós sabemos. Dalila era uma mulher linda, devia ser muito especial para ele e devia ter um jeitinho de anjo... mas ela era uma cilada e acabou o destruindo depois.

Tenha a coragem de fazer a vontade do Senhor. Ele te conhece mais do que ninguém. Renunciar é garantir o melhor de Deus para a sua vida no futuro.

Beijinhos gigantes!!!

Suh

5 comentários:

Gabriela Eugenio (Pretta) disse...

Realmentee florr.. eu passei por isso!!!! Foi um dilema na época pq cheguei a ficar noiva e no meio do caminho ele não se mostrava ser qm eu pensava.. Deus falou mt comigo e acabei abrindo mão do relacionamento! Hj em dia estou muito bem, mais compromissada ainda com Deus e no tempo dele ele me deu um homem abençoado que me completa em tudo e melhor ainda.. ama a Deus acima de todas as coisas! É MARAVILHOSO os dois estarem com um só coração e um só propósito! Beijosss!!!! AMEI o post! :)

Taise disse...

Forte esse assunto...apesar d ser tão falado em nosso meio...tomar a atitude e abrir mão é dificil!
As vezes não é só pelo sentimento,sabe, mas pelo "costume" de estar com alguém....+vc é prova d q vale a pena abrir mão da nossa propria vonta de p/fazer a vontade dEle!

Suellen (Menina aos olhos do Pai) disse...

Olá, Gabi! Que lindo, flor! Deus sempre recompensa de uma maneira impressionante qnd nos colocamos debaixo da Sua vontade. Fico feliz em saber que a sua vida está sendo próspera e um exemplo para nós.

Beijinhos!!! Obrigada por comentar.

Suh

Suellen (Menina aos olhos do Pai) disse...

É verdade, Tay. Há muita coisa além do sentimento. O costume também pesa, mas, não é fácil mesmo renunciar. Você abre mão, chora, questiona, enfim, mas vale a pena no final. Fazer o certo muitas vezes nos custa algo. Algo precisa morrer para que Deus faça crescer algo maravilhoso.

Querida, obrigada pelo comentário.

Mil bjs pra vc, flor!!!

Suh

Suellen (Menina aos olhos do Pai) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
 

Menina aos Olhos do Pai Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review