segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Jamais desistirei... Helen Berhane

Postado por Suellen (Menina aos olhos do Pai) às 02:05:00

 Imagine-se fazendo a obra de Deus constantemente e apaixonadamente, vendo pessoas se renderem a Cristo através do seu dom, o de cantar. Agora imagine-se sendo presa por proclamar o Evangelho, sendo considerada uma rebelde, apesar do seu país ter feito uma constituição que estava garantindo a liberdade religiosa.

Ela foi terrivelmente espancada e presa em contêineres de metal durante dois anos simplesmente porque não quis assinar um documento negando sua fé em Cristo.

Apesar do confinamento desumano, uma vez que a temperatura dentro de um contêiner no deserto é sufocante durante o dia e extremamente fria durante a noite, ela manteve-se ativa e firme em suas convicções pessoais. Isso lhe rendeu várias agressões, até que a pior delas fez com que ela fosse levada a um hospital, depois que os guardas a consideraram como morta.

Segundo Helen em seu livro Canção da Liberdade, ela, de maneira milagrosa, conseguiu embarcar para o Sudão, já que não tinha condições físicas de tentar fugir pela fronteira devido aos ferimentos na perna causados pelas torturas físicas a que foi submetida.

Helen e a filha, Eva, receberam asilo político na Dinamarca. Hoje, recuperada de sua frágil saúde, Helen arranjou um emprego, casou-se e continua pregando e cantando em países onde não há restrição ao cristianismo. Por todos os lugares que passa, Helen relata as experiências vividas e a forma como o governo da Eritreia lida com os prisioneiros de consciência.

Em outubro, essa forte e decidida mulher estará no Brasil a convite da organização Portas Abertas Brasil para relatar todas as atrocidades que enfrentou e para alertar a população brasileira sobre a realidade de seu país. Acredita-se que cerca de 3 mil prisioneiros ainda vivam nessas condições. Calcula-se que 2 mil deles sejam cristãos.

O cantor Vitor Barreto, do Projeto Vida Nova de Guarabu, Ilha do Governador, gravou em seu cd (que sairá em breve) uma canção escrita por Davi Fernandes, inspirada na história da Helen Berhane. Essa música me tocou profundamente, pena que ainda não tenho o áudio dela, pois o cd não saiu. Mas queria dividir com vocês a letra, que é impactante.

Jamais desistirei

Quiseram tirar de dentro de mim lembranças do meu Salvador
Tentaram até me impedir de anunciar Seu amor
Lá no porão da rejeição jogaram o meu coração
Em meio a dor eu decidi que jamais desistirei

Minha glória é sofrer por Ti, Senhor
É pregar o Teu amor 
Tua graça já me basta pra viver
Eu não tenho o que temer

Quiseram tirar de dentro de mim lembranças do meu Salvador
Tentaram até me impedir de anunciar Seu amor
Lá no porão da rejeição jogaram o meu coração
Em meio a dor eu decidi que jamais desistirei

Minha glória é sofrer por Ti, Senhor
É pregar o Teu amor 
Tua graça já me basta pra viver
Eu não tenho o que temer

Combater o bom combate e seguir até o fim
É a alegria pro meu coração
A coroa da justiça e o prêmio da salvação
Já estão reservados pra mim

Minha glória é sofrer por Ti, Senhor
É pregar o Teu amor 
Tua graça já me basta pra viver
Eu não tenho o que temer

1 comentários:

Kleicyane Valentim disse...

Adorei essa materia.

parabéns pelo blog.

 

Menina aos Olhos do Pai Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review